Ministério Público lança rede para fortalecer voluntariado em Minas

A Rede de Voluntariado foi criada em virtude de o Estado possuir centenas de instituições envolvidas com o serviço voluntário, mas com ações isoladas, desconectadas, com baixa escala de divulgação e sem qualquer auxílio do governo estadual. Em razão disso há uma oferta de voluntários reprimida pela dificuldade de acesso ou pelo desconhecimento das oportunidades existentes.

A coordenadora Adriana Cardoso explica ainda que as pessoas têm dificuldade de encontrar as entidades em suas cidades e as entidades também enfrentam obstáculos para ter voluntários em potencial, além do desconhecimento sobre questões trabalhistas. “A rede surge como uma forma de solucionar essas dificuldades. A ideia é, também, gerar mais compromisso entre entidades e voluntários, além de ajudar a dar espaço para que as ONGs divulguem as ações que promovem.”

A Rede de Voluntariado pode ser acessada por meio do endereço eletrônico rededevoluntariado.mg.gov.br. Na plataforma, é possível se cadastrar como voluntário, podendo detalhar as preferências de área de atuação, habilidades e disponibilidade; como entidade, indicando os tipos de vagas necessárias para voluntários, a área de atuação e as atividades demandadas; ou como parceiro, podendo se disponibilizar como apoiador de projetos de voluntariado de acordo com as áreas de atuação de interesse, ou gerindo programas internos de voluntariado dentro de suas instituições.

As três linhas de atuação do sistema são a promoção do encontro entre voluntários e entidades; fomento à criação de programas institucionais próprios nas diversas instituições do Estado de Minas Gerais; e atuação interinstitucional, que corresponde à promoção do diálogo entre as instituições componentes da Rede para auxílio mútuo em seus programas e atividades.

A imagem pode conter: texto
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *